livros category image
22.06.2017

Resenha: Boneco de Pano

Olá, gente bonita!

O responsável pela resenha de hoje é meu amigo Gabriel. De vez em quando ele pode vir dar um pulinho aqui para me ajudar a dar conta das resenhas. <3

Espero que gostem!

 

 

Sinopse: VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.
O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.
Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.
Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.
Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.



Nome do Livro: Boneco de Pano
Autor: Daniel Cole
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 336
Skoob: Adicione
Onde comprar: Amazon | Saraiva


 

Nessa trama de tirar o fôlego, Cole nos leva a uma intensa aventura em Londres acompanhado por Wolf, Emilly, Edmunds e seus parceiros na busca do responsável pelas mortes de pelo menos seis pessoas para formar um grotesco retalho humano. Porém, durante a investigação, Wolf é surpreendido com uma lista de 6 pessoas programadas para morrer e, entre elas, ele.

Cada página é como se estivéssemos mergulhando na história e passamos a ver a história como os personagens veem. Descobrimos que o Wolf foi peça chave numa investigação anterior que pode ter muito a ver com os assassinatos do presente só não sabemos como. A detetive Emily Baxter, com seu relacionamento enrolado com o Wolf, nos deixa intrigados ao tentarmos ver as coisas como ela. Meio coração duro e caidinha de amores pelo parceiro de equipe não se deixa abater com as indiretas que a ex-mulher dele (Andrea) insiste em lançar a cada novo encontro. Já Edmunds, novato da equipe é peça chave no desenvolvimento psicológico do assassino e nos deixa boquiabertos com sua sagacidade em juntar as peças.

Simultaneamente, temos a presença da imprensa que insiste em vazar informações, muitas vezes, falsas que causam bastante confusão. E entre os protagonistas da TV temos a Andrea, (a ex do Wolf) que recebe a lista com o nome das futuras vítimas e não demora a expor ao mundo na intenção de ficar famosa e galgar uma posição maior na TV como âncora do jornal de maior audiência. Sem falar também no estúpido Elijah (chefe da Andrea) que a cada aparição me causava pavor e ódio.

A história é muito bem costurada levando em consideração uma linha do tempo bastante definida e difícil de se perder. Daniel Cole soube muito bem traçar cada ponto sem perder o fio e nos levando a um desfecho, no mínimo, inesperado. No meio do livro você descobre algo e acredita que já sabe o fim, mas a cada página uma nova revelação é feita e uma nova peça se encaixa. Cole não deixou nenhum detalhe passar despercebido e todos os detalhes expostos durante o livro são conectados de forma espetacular.



Avaliação:

 

———————

Esse livro é cortesia da editora. A política do blog é fazer postagens sinceras e a opinião aqui relatada veio da experiência de leitura e é independente da editora ou autor que enviou o produto para resenha.


Escrito por:
Sarah Nascimento
Estudante de farmácia, cheia de hobbies, entre eles a leitura. Em 2015 o S de Sarah nasceu. Um espaço para compartilhar várias das minhas paixões.

COMPARTILHE   
livros category image
16.06.2017

Resenha: Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) Apaixonado

Olá, gente bonita!

Em abril teve resenha do Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-amada e (Um Pouco) Dramática aqui no blog, e hoje eu trago para vocês o livro 2, que apesar de serem histórias separadas, possuem os mesmos personagens. <3

 


Nome do Livro: Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) Apaixonado
Autor: Thalita Rebouças
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 304
Skoob: Adicione
Onde comprar:  Amazon | Saraiva 

Davi está no segundo ano do ensino médio e finalmente tomou coragem para iniciar o curso de astrologia que sempre quis fazer mas nunca teve coragem de admitir, por medo de sofrer preconceitos.
Entre signos e mapas astrais, conhece Milena, uma menina incrível, que o deixa encantado com seu jeito apaixonante. Tetê, melhor amiga de Davi, o incentiva a investir no relacionamento, mas vencer a timidez é um desafio para ele. Ajudar Zeca, seu amigo que passa por problemas amorosos, também é uma dificuldade, pois Davi é inexperiente no assunto.
No final do primeiro semestre, entretanto, uma novidade causa um rebuliço na turma: Samantha, colega de classe do trio, apresenta Gonçalo, que mora em Portugal e veio passar as férias de verão europeu na casa dela, no Rio de Janeiro.
A chegada do estrangeiro tem efeitos inesperados, e Davi e seus amigos passam a lidar com questões que nunca imaginaram ter que enfrentar.

 


A cada livro que leio da autora, só fortalece o pensamento de que a Thalita tem um talento incrível para trazer leveza aos dramas da adolescência, sem diminuir a importância de cada situação. Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (Ligeiramente) Apaixonado é um livro que apesar de ser infantojuvenil, traz temas muito importantes de serem debatidos e apresentados para todas as idades. 

Davi é um menino nerd de 16 anos que acabou de começar um curso de astrologia, uma paixão esquecida durante um tempo por causa do preconceito de alguém muito próximo. Em meio a dúvidas, paixões e várias referências de livros, músicas e séries, Davi acaba descobrindo um novo amor e aprende a seguir o seu coração e a lutar contra os preconceitos junto a sua turma de amigos.

A diagramação do livro é cheia de detalhes e ilustrações, conta com mensagens de texto, postagens do Blog do Zeca e as interpretações dos signos feitas por Davi. A leitura é bastante fluida e muito divertida. Esse é um livro fofo sobre superação, amizade e autoconhecimento <3


Avaliação: 

 

 

 

———————

Esse livro é cortesia da editora. A política do blog é fazer postagens sinceras e a opinião aqui relatada veio da experiência de leitura e é independente da editora ou autor que enviou o produto para resenha.


Escrito por:
Sarah Nascimento
Estudante de farmácia, cheia de hobbies, entre eles a leitura. Em 2015 o S de Sarah nasceu. Um espaço para compartilhar várias das minhas paixões.

COMPARTILHE   
livros category image
13.06.2017

Resenha: Colheita de Rubis


Sinopse: A prima do profeta Neemias foi subitamente introduzida no meio da corte persa – trabalhando longas horas, tendo contato diário com a realeza e tornando-se a escriba favorita da rainha.
Nada mau, para uma mulher que vivia num mundo de homens. Mas um passado devastador fez com que Sara acreditasse que Deus não a amava, e que as suas realizações eram a medida do seu valor – uma medida que ela nunca conseguia corresponder.
Dário Pasárgada estava acostumado a fazer tudo à sua maneira. Um aristocrata rico e admirado, a última coisa que ele esperava era um casamento arranjado com a escriba da rainha, uma mulher inteligente que o desprezava.
Será que duas pessoas diferentes podem ajudar uma a outra a vencer os ídolos que as mantêm cativas?


Nome do Livro: Colheita de Rubis
Autora: Tessa Afshar 
Editora: BV Books
Número de Páginas: 352
Gênero: Romance Cristão
Skoob: Adicione
Onde comprar: Amazon | Saraiva

 

Colheita de Rubis é o primeiro volume de uma duologia de ficção cristã, da Tessa Afshar.

Após a morte de sua mãe, Sara vive uma infância marcada pela falta de carinho e afeto por parte do pai, um escriba real da corte persa.

Para conseguir a atenção que tanto deseja, aos doze anos a menina decide aprender a ler e escrever sozinha. Com ajuda e orientação do seu primo Neemias, ao completar vinte anos, no reinado do rei Artaxerxes, Sara foi contratada como escriba sênior da rainha. A partir daí, ela vai iniciar seu processo de autoconhecimento e vai aprender a reconhecer a voz de Deus mesmo em meio as dificuldades.

O livro possui mensagens edificantes e que trazem bastante reflexão a respeito de diferentes temas, como  insegurança, carência, ansiedade e o valor que temos para Deus.

A história é narrada em primeira pessoa pela Sara e a leitura é bem fluida e rica em informações.

Todas as informações desde a cultura do povo persa e judeu, os hábitos, a culinária, todo o cenário histórico foram muito bem relatados e livros que mostram o quanto o autor se dedicou nos estudos sobre aquela época são sempre muito cativantes para mim. <3

Além disso, o livro conta também com uma página de apresentação dos personagens, uma página com datas de reinados importantes para a compreensão do tempo em que se passa a história, receitas inspiradas e adaptadas daquela cultura e bases bíblicas muito bem aplicadas.

 

 

Avaliação: 

“Se a minha alegria estivesse em ter tudo o que eu desejava, eu sempre lutaria com a infelicidade.”

“Eu não podia deixar de me perguntar se o amor do Senhor era como esse, cheio de aceitação mesmo se eu tivesse feito algo errado. Ele esperava mudança de minha parte, mas me amava mesmo antes de eu mudar.”


Escrito por:
Sarah Nascimento
Estudante de farmácia, cheia de hobbies, entre eles a leitura. Em 2015 o S de Sarah nasceu. Um espaço para compartilhar várias das minhas paixões.

COMPARTILHE