livros category image
22.06.2017

Resenha: Boneco de Pano

Olá, gente bonita!

O responsável pela resenha de hoje é meu amigo Gabriel. De vez em quando ele pode vir dar um pulinho aqui para me ajudar a dar conta das resenhas. <3

Espero que gostem!

 

 

Sinopse: VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.
O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.
Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.
Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.
Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.



Nome do Livro: Boneco de Pano
Autor: Daniel Cole
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 336
Skoob: Adicione
Onde comprar: Amazon | Saraiva


 

Nessa trama de tirar o fôlego, Cole nos leva a uma intensa aventura em Londres acompanhado por Wolf, Emilly, Edmunds e seus parceiros na busca do responsável pelas mortes de pelo menos seis pessoas para formar um grotesco retalho humano. Porém, durante a investigação, Wolf é surpreendido com uma lista de 6 pessoas programadas para morrer e, entre elas, ele.

Cada página é como se estivéssemos mergulhando na história e passamos a ver a história como os personagens veem. Descobrimos que o Wolf foi peça chave numa investigação anterior que pode ter muito a ver com os assassinatos do presente só não sabemos como. A detetive Emily Baxter, com seu relacionamento enrolado com o Wolf, nos deixa intrigados ao tentarmos ver as coisas como ela. Meio coração duro e caidinha de amores pelo parceiro de equipe não se deixa abater com as indiretas que a ex-mulher dele (Andrea) insiste em lançar a cada novo encontro. Já Edmunds, novato da equipe é peça chave no desenvolvimento psicológico do assassino e nos deixa boquiabertos com sua sagacidade em juntar as peças.

Simultaneamente, temos a presença da imprensa que insiste em vazar informações, muitas vezes, falsas que causam bastante confusão. E entre os protagonistas da TV temos a Andrea, (a ex do Wolf) que recebe a lista com o nome das futuras vítimas e não demora a expor ao mundo na intenção de ficar famosa e galgar uma posição maior na TV como âncora do jornal de maior audiência. Sem falar também no estúpido Elijah (chefe da Andrea) que a cada aparição me causava pavor e ódio.

A história é muito bem costurada levando em consideração uma linha do tempo bastante definida e difícil de se perder. Daniel Cole soube muito bem traçar cada ponto sem perder o fio e nos levando a um desfecho, no mínimo, inesperado. No meio do livro você descobre algo e acredita que já sabe o fim, mas a cada página uma nova revelação é feita e uma nova peça se encaixa. Cole não deixou nenhum detalhe passar despercebido e todos os detalhes expostos durante o livro são conectados de forma espetacular.



Avaliação:

 

———————

Esse livro é cortesia da editora. A política do blog é fazer postagens sinceras e a opinião aqui relatada veio da experiência de leitura e é independente da editora ou autor que enviou o produto para resenha.


Escrito por:
Sarah Nascimento
Estudante de farmácia, cheia de hobbies, entre eles a leitura. Em 2015 o S de Sarah nasceu. Um espaço para compartilhar várias das minhas paixões.

COMPARTILHE