livros category image
22.02.2017

Resenha: O que Há de Estranho em Mim

Olá, gente bonita!

Na resenha de hoje temos um livro que só comprei porque estava custando 9 dinheiros em um sebo do Enjoei, inicialmente eu nem estava tão interessada, mas depois que li a sinopse, foi só amor!

Sinopse: Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.

Nome do Livro:  O que Há de Estranho em Mim Título Original: Sisters in Sanity Autor: Gayle Forman Editora: Arqueiro Número de Páginas: 224 Gênero: Romance / Ficção Skoob: Adicione Onde comprar: Lojas Americanas | Submarino | Amazon

Resenha: Brit é uma adolescente de 16 anos que vive com o pai, a madrasta e o irmão mais novo, até que em uma viagem, o pai acaba a deixando em um reformatório para adolescentes desajustadas. Abandonada nesse lugar sem saber o motivo, e proibida de fazer contato com os pais e inicialmente com qualquer outra garota do reformatório, Brit começa a imaginar como vai sair daquele lugar com sua sanidade.

O livro traz uma crítica aos reformatórios e reabilitações, que trabalham sem o devido cuidado e tratam de modo generalizado os seus internos.

Na Red Rock, o reformatório feminino retratado no livro, os profissionais mantém as internas sem contato com a família para que não revelem o que acontece dentro do local, colocam as internas para trabalhar em uma construção, além de incentivar a inimizade e o bullying como forma de crescimento dentro dos níveis estabelecidos — esses níveis definem quem está perto/longe de sair do lugar.

Para superar toda a pressão psicológica, Brit consegue fazer amizade com a Bebe, a Cassie, a V e a Martha. Garotas que se encontram presas há mais tempo que ela e que juntas vão formar o  Divinamente Fabuloso e Ultraexclusivo Clube das Malucas, onde encontraram forças para superar os desafios da clínica.

Essa foi a minha primeira experiência com Gayle Forman e eu amei a escrita da autora, as personagens e a trama, que é narrada em primeira pessoa. A leitura é rápida e gostosa.

Amei o trabalho da editora com a capa brasileira, que combina mais com o enredo da história, do que as capas americanas (clique para ver).

Avaliação:  Quotes:

“É que a gente acha que a loucura e a sanidade ficam em lados opostos de um oceano, mas na verdade não passam de duas ilhas vizinhas.”

“A vida real era maravilhosa e, por mais distante que parecesse naquele momento, ainda existia. Eu ainda existia.”

“Basta você entrar num lugar como se tivesse todo o direito de estar ali para que as pessoas a tratem como se você tivesse todo o direito de estar ali.”


Escrito por:
Sarah Nascimento
Estudante de farmácia, cheia de hobbies, entre eles a leitura. Em 2015 o S de Sarah nasceu. Um espaço para compartilhar várias das minhas paixões.

COMPARTILHE   

  1.    Rachel Paiva 22 de fevereiro de 2017

    Oi, Sarah ! Gostei da resenha do livro e fiquei curiosa para lê-lo tb. Assuntos sobre reformatórios são sempre tocantes. Infelizmente, nesses lugares sempre vemos o sofrimento do abandono e a falta de amor. É muito triste!

    Beijos,

    Responder

       

    Sarah Nascimento respondeu:

    @Rachel Paiva, verdade! É uma realidade bem tocante e saber que existem pessoas passando por isso nesse momento deixa a leitura com uma sensação diferente.

    Beijos, Rachel <3

    Responder

  2.    Aline Nascimento 22 de fevereiro de 2017

    Oi Sarah!
    Já li Se eu ficar e Para onde ela foi dessa autora e na época gostei bastante!
    Confesso que já coloquei várias vezes esse livro no carrinho e quando vou finalizar a compra sempre acabo retirando, mas quem sabe depois dessa sua dica ele não permaneça na próxima rsrs…
    Beijos!

    Divagando Palavras
    http://www.divagandopalavras.com

    Responder

       

    Sarah Nascimento respondeu:

    @Aline Nascimento,ele sempre fica com um preço bem bacana no Submarino, variando de 9 a 14 dinheiros.
    Vale muito a pena.

    Beijos 😀

    Responder

  3.    Gabriela 22 de fevereiro de 2017

    Sou completamente apaixonada pelos livros da Gayle. Ela é sem dúvida uma das minhas autoras preferidas! Os únicos livros que ainda não li dela é esse e QUANDO EU PARTI.
    Ganhei O QUE HÁ DE ESTRANHO EM MIM recentemente de uma amiga em uma amigo secreto, ele está entre as minhas próximas leituras! Amo demais a escrita da Gayle e é impossível não se envolver pela narrativa dela!
    Adorei a resenha!

    Responder

       

    Sarah Nascimento respondeu:

    @Gabriela, é realmente impossível não se envolver com a narrativa da Gayle! Volta aqui para falar o que achou da leitura depois <3

    Beijos!

    Responder